Leandro Rodrigues

Coluna esportiva

06 Julho 2018 08:00:00

Entrevistei a atleta do Taekwondo Maria Alves, 19 anos, que é de Sombrio. Saiu do município em busca de sonhos, conquistou prêmios importantes em sua carreira e resolveu voltar para sua terra com mais experiência e dar continuidade ao seu trabalho na modalidade esportiva.

Leandro Rodrigues: Como surgiu o Taekwondo na sua vida?

Maria Alves: Por meio de uma amiga de infância, ela me convidou para ir assistir e eu acabei gostando.

L.R.: Com quantos anos iniciou no Taekwondo?

M.A.: Aos oito anos iniciei e aos 12 anos já lutava profissional.

L.R.: Quando ganhou seu primeiro prêmio?

M.A.: Em 2012 fui 3ª colocada no Campeonato Brasileiro

L.R.: Qual seu prêmio mais recente?

M.A.: O mais importante foi ano passado, o 1º lugar no Campeonato Brasileiro, fechando o ano como 1ª colocada do ranking e 2º lugar nos Jogos Abertos de Santa Catarina.

L.R.: E seu prêmio mais importante?

M.A.: Além do 1º lugar no Campeonato Brasileiro a conquista mais importante que tive foi poder defender o Brasil no campeonato mundial que aconteceu na China, em Taiwan. Fui da Seleção Brasileira por dois anos. Em 2014 pelo Juvenil e em 2017 no adulto.

L.R.: Almeja viver do Taekwondo ou apesar de gostar muito quer levar como um hobbie?

M.A.: Viver do Taekwondo, dar aula pra crianças carentes é o próximo passo, porém isso envolve muito, precisa de lugar e tempo e eu ainda tenho uns sonhos em particular como atleta, mas depois é sim dar aula.

L.R.: Você se vê hoje sem o Taekwondo?

M.A.: Nunca, não tem como, está no sangue.

L.R.: Consegue ter o resultado que queria nos treinos em Sombrio?

M.A.: É mais difícil porque em Sombrio não tem estrutura, onde estou treinando é particular e é na praia com o Mestre Pierre. Em Sombrio tenho todo o apoio da Clínica Equilíbrium Pilates e fisioterapia das meninas Giane e Rubia, e também da nutri Natana. Mas da cidade mesmo não tenho ajuda com nada até o momento. Se não fosse o apoio dessas pessoas que citei não daria para manter o alto nível.

L.R.: Se alguém tiver interesse em patrocinar pode entrar em contato com você?

M.A.: Com toda certeza, pode me chamar no Insta também @m_alves46. Hoje represento a cidade de Itajaí, porque na verdade é ela que me sustenta junto com a equipe Oliveira Taekwondo Clube e agradecer ao apoio da FMEL de Itajaí junto ao mestre Lenoir de Oliveira e toda a equipe de Taekwondo de Itajaí e Oliveira Clube. Também quero agradecer ao pessoal do Hélio Pastelaria que me libera do trabalho e me apoiam quando tenho que viajar.


Imagens

logo.jpg

Endereço:
Rua Manoel Teixeira da Rosa, 495
Centro - Sombrio
Fone (48) 3533 0178