Maracajá

Acesso Norte recebe primeira camada de asfalto

25 Junho 2018 08:20:00

Pavimentação é resultado de um Termo de Ajustamento de Conduta

O primeiro trecho da Rodovia Prefeito Adilton de Medeiros, o Acesso Norte de Maracajá à BR-101, de 1,3 quilômetro começou a receber a primeira camada de massa asfáltica nesta sexta-feira (22) e todo trabalho deve ser concluído até o final de semana. Dezenas de homens e máquinas da Construtora Setep trabalharam durante todo o dia e vão aproveitar o menor fluxo de veículos na rodovia durante o final de semana para avançar nos trabalhos.

A pavimentação dos 2,1 quilômetros do Acesso Norte é resultado de um Termo de Ajustamento de Conduta entre as duas mineradoras que extraem basalto do Morro Maracajá e ao longo dos anos contribuíram para danificar a rodovia municipal. A atividade existe há mais de 45 anos e pela primeira vez o município tem uma contrapartida pela exploração de seus minérios.

Para que o Termo de Ajustamento de Conduta fosse firmado foi necessário que o prefeito Arlindo Rocha proibisse a extração do basalto e não concedesse alvará de funcionamento às duas mineradoras. Durante mais de um ano foram dezenas de reuniões realizadas até que os termos do ajustamento de conduta fossem convencionados.

Além da recuperação da Rodovia Prefeito Adilton de Medeiros, as mineradoras doam mensalmente à Prefeitura de Maracajá 400 toneladas de pedra britada para uso em rodovias sem pavimentação e obras municipais, além de formarem um fundo com 0,75% da receita mensal para recuperação ambiental das áreas exploradas, que após exauridas, passam para o patrimônio do município. A Rua Pedro Rocha, que dá acesso ao Morro Maracajá, também será repavimentada.

As obras no Acesso Norte iniciaram em 26 de abril e o prazo de conclusão é de cinco meses, mas técnicos da Setep, contratada pelas mineradoras, estimam que encerrem o trabalho no decorrer de julho, ou início de agosto. Os serviços estão estimados em cerca de R$ 2,5 milhões e a contrapartida da Prefeitura de Maracajá foi de R$ 250 mil, já que os danos à rodovia não foram causados apenas pelas mineradoras.


Imagens

logo.jpg

Endereço:
Rua Manoel Teixeira da Rosa, 495
Centro - Sombrio
Fone (48) 3533 0178