Manifestação

Sombrio protesta contra cortes na educação

O dia 15 de maio foi de manifestação em todo o Brasil contra os cortes na educação

Em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, estudantes, trabalhadores da educação e sindicalistas se uniram na quarta-feira (15) para protestar contra o bloqueio de 30% de verbas das universidades públicas e institutos federais anunciado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro. 

Reunidos no calçadão da Avenida Getúlio Vargas, em Sombrio, estudantes, professores e comunidade em geral protestaram pacificamente contra os cortes anunciados pelo governo.

A repórter Juliana Oliveira realizou a cobertura do ato para a Rádio 102.9 Amorim FM durante a tarde, fazendo flashes ao vivo para a programação da mais ouvida.

A estudante Sirlene Bento estudante do Instituto Federal Catarinense Campus Avançado de Sombrio, do curso técnico em Hospedagem falou sobre a importância da educação pública na vida dos brasileiros. "A gente acredita que o único meio de transformação social é pela educação. Nós montamos uma planilha com tudo que acontece nas nossas instituições, os projetos científicos, como a filosofia implica no nosso cotidiano, como a cultura é importante para o desenvolvimento do cidadão e a consciência crítica. Isso tudo com o apoio dos professores. A gente acredita que deve haver uma fortificação no ensino público de modo geral, todos devem ter acesso ao ensino público e de qualidade", declarou.

Para o coordenador do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica Seção Sindical de Santa Rosa do Sul, Marcos Marangoni, será difícil manter as instituições com o corte anunciado pelo governo. "O nosso ato é em defesa da educação pública e gratuita, pra todos os nossos alunos de Sombrio e região. Esses cortes que o governo federal anunciou, eles praticamente inviabilizam a manutenção da instituição com toda a qualidade de ensino que a gente proporciona, até o final desse ano. Hoje é um dia nacional de paralização e de luta pela educação. Os cortes representam quase 40% do orçamento. É com esse investimento que podemos produzir ensino e principalmente podemos produzir pesquisa e extensões", afirmou.

A Polícia Militar de Sombrio fez a sinalização e segurança do ato.


Imagens




logo.jpg

Endereço:
Rua Manoel Teixeira da Rosa, 495
Centro - Sombrio
Fone (48) 3533 0178