Lei

Vigilância notifica bar que vendia medicamentos

17 Maio 2018 08:20:00

Estavam em exposição para venda

A Vigilância Sanitária de Maracajá notificou e encaminhou processo do Ministério Público, como determina a legislação vigente, de um bar de Maracajá, no qual eram comercializados medicamentos.

"Bares, lanchonetes, mercados e estabelecimentos desta natureza não podem vender qualquer tipo de medicamento, pois infringem a lei 5.991/73", orienta o coordenador da Vigilância Sanitária de Maracajá, Carlos Fernando Costa.

No estabelecimento comercial estavam em exposição para venda medicamentos para dor e febre, antiácidos e analgésicos contra azia e dor de cabeça, entre outras drogas, que conforme Carlos Fernando, só podem ser comercializados por estabelecimentos credenciados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).


logo.jpg

Endereço:
Rua Manoel Teixeira da Rosa, 495
Centro - Sombrio
Fone (48) 3533 0178